Photo by: J. Scott Applewhite
House Minority Leader Nancy Pelosi, D-Calif., left, and Senate Minority Leader Chuck Schumer, D-N.Y., take questions during a news conference on Capitol Hill to respond to the Republican tax reform plan in Washington, Thursday, Nov. 2, 2017. (AP Photo/J. Scott Applewhite)

Senador americano prevê benefício imigratório para jovens do DACA até 31 de dezembro

Segundo o Democrata Charles E. Schumer há uma articulação dos congressistas democratas para condicionar a aprovação da previsão orçamentária de 2018 com uma solução viável aos jovens do programa DACA – conhecidos como Sonhadores. Segundo ele, uma possível anistia não está descartada.

Em entrevista nesta terça-feira, 7 de novembro, no Capitólio, o Senador líder da minoria do Senado, Charles E. Schumer, afirmou que os jovens do DACA podem ter sua situação imigratória resolvida até dia 31 dezembro. Ele também destacou  que há uma articulação por parte dos senadores para condicionar a aprovação do orçamento do Governo para 2018 a algum tipo de benefício imigratório para os jovens do programa.

“Nós realmente estamos confiantes que um projeto favorável ao DACA deve passar. Nós acreditamos que um bom número de nossos colegas senadores republicanos se juntarão a nós”, afirmou o Senador Schumer reforçando que o Presidente Trump terá muito interesse em ver aprovadas as indicações orçamentárias que o ajudem a implementar suas ações de Governo.

Durante a entrevista o Senador destacou que uma possível anistia aos jovens não está descartada e que o interesse do Presidente Donald Trump em ver aprovadas as indicações orçamentárias que o ajudem a executar suas promessas de campanha podem sim leva-lo a assinar um benefício para os jovens. “Se o DACA estiver no todo Trump não deverá vetá-lo. É minha opinião”, afirmou o Senador.

NEGOCIAÇÃO

Em setembro deste ano o Presidente Trump delegou ao Congresso americano a importante missão de encontrar uma solução para os jovens beneficiários do programa. Cinco projetos de lei que tratam da questão foram elaborados e tramitam neste momento no Congresso.

Em outubro deste ano, Trump encaminhou uma carta ao Congresso em que apresentava uma lista de exigências por mudanças para reduzir a migração em cadeia e mais segurança nas fronteiras – incluindo a construção do muro na fronteira com o México. Segundo divulgado pelo jornal The Washington Times, um funcionário da Casa Branca teria afirmado que qualquer solução para os jovens do DACA, só viriam após a aceitação dos congressistas de todas as exigências apresentadas na lista.

“Essas reformas foram identificadas pelos profissionais da aplicação da lei da nossa nação como salvaguardas vitais para o povo americano, tanto para evitar novas imigrações ilegais quanto para acabar com a migração em cadeia”, disse o oficial da Casa Branca.

Para a advogada de imigração, Renata Castro, há uma grande expectativa em torno da solução que os congressistas darão para os jovens do DACA. “Passamos por um momento de insegurança de todos os beneficiários deste programa. Esperamos que essa negociação resulte em algo que favoreça essa parcela da comunidade imigrante que encontrou no DACA uma forma de seguir vivendo aqui nos EUA”, pondera Castro.

Com informações: The Washington Times

Photo by: J. Scott Applewhite
House Minority Leader Nancy Pelosi, D-Calif., left, and Senate Minority Leader Chuck Schumer, D-N.Y., take questions during a news conference on Capitol Hill to respond to the Republican tax reform plan in Washington, Thursday, Nov. 2, 2017. (AP Photo/J. Scott Applewhite)

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *