Rep. Dan Newhouse, R-Wash., center, is joined by fellow Republicans to discuss their support of the Deferred Action for Childhood Arrivals program, during a news conference on Capitol Hill in Washington, Thursday, Nov. 9, 2017. (AP Photo/J. Scott Applewhite)

Deputados Republicanos preveem proposta favorável para os jovens do DACA até o fim deste ano

Em coletiva de imprensa congressistas do partido Republicano estimaram que cerca de 300 legisladores devem aprovar algum tipo de benefício imigratório para os jovens beneficiários do extinto programa DACA e estão otimistas com as negociações bipartidárias sobre a questão no Congresso americano.

Durante uma coletiva de imprensa realizada no dia 9 de novembro, 12 Deputados congressistas do partido Republicano pressionaram os líderes do GOP para apoio a uma solução legislativa favorável aos jovens do DACA. A decisão deve ocorrer, segundo estimado pelos parlamentares, antes do término do prazo concedido pelo Presidente Donald Trump para que o Congresso resolvesse a questão – 31 de dezembro deste ano.

Durante a coletiva, os membros estimaram que dos 435 integrantes da Casa Legislativa deveriam apoiar alguma iniciativa favorável aos detentores do extinto DACA. “A única coisa que é inaceitável é ficarmos parados. Estamos preparados para trabalhar com debate em grupos, entre nós e com a Casa Branca, e com integrantes de ambos os partidos para buscar uma solução legislativa ainda este ano”, afirmou o Deputado Dan Newhouse, R-Wash que organizou a coletiva de imprensa no Capitólio.

A Deputada Ileana Ros-Lehtinen, R-Fla, afirmou que os parlamentares mais conservadores não estão interessados em mudar um tipo de programa de imigração como o DACA devido aos problemas advirão da extinção deste tipo de política.   “Às vezes a imprensa publica que todos os republicanos não querem ajudar os jovens do DACA a realizar seus sonhos. Bem aqui, somos uma prova viva de que isso não é verdade. Há vários de nós que queremos fazer destes sonhos uma realidade e estamos ao lado destes jovens”, afirmou Ros-Lehtinen.

ACORDO BIPARTIDÁRIO

Durante a coletiva, os Deputados Republicanos sinalizaram que a proximidade do fim do prazo estabelecido pelo Presidente Donald Trump para que o Congresso solucionasse a questão – em até 6 meses – tem alarmado todos os congressistas republicanos e democratas que estão em busca de um acordo em torno de um projeto de lei favorável aos ‘Dreamers’.

O representante do Texas, Joe Barton, se disse otimista em relação às negociações bipartidárias sobre a questão legislação do DACA e previu que um projeto de lei que tenha origem na Câmara terá: “mais de 300 votos para ser enviado ao Senado”. O Deputado Fred Upton, R-Mich afirmou: “Vamos ganhar esse desafio proposto pelo Presidente. Vamos colocar um projeto de Lei em sua mesa para que possa assiná-lo e vamos dizer Feliz Natal para muitas pessoas em todo o País”. Já o Deputado Pete King disse que a questão não é um assunto republicano ou democrático, mas uma obrigação de ajudar as pessoas.

PRESSÃO DOS DEMOCRATAS

Ainda este mês, o Senador Democrata Charles E. Shumer afirmou que há uma articulação dos congressistas democratas para condicionar a aprovação da previsão orçamentária de 2018 com uma solução viável aos jovens do programa DACA – conhecidos como Sonhadores. Segundo ele, uma possível anistia não está descartada.

Em entrevista no dia 7 de novembro, no Capitólio, como noticiou a agência OnevoxPress o Senador líder da minoria do Senado, Charles E. Schumer, afirmou que os jovens do DACA podem ter sua situação imigratória resolvida até dia 31 dezembro. Ele também destacou que há uma articulação por parte dos senadores para condicionar a aprovação do orçamento do Governo para 2018 a algum tipo de benefício imigratório para os jovens do programa.

Para a advogada de imigração Renata Castro, a postura pública de Republicanos endossando algum tipo de benefício para os jovens do DACA representa um sinal positivo para que alguma mudança favorável ocorra ainda este ano. “Passamos por um jogo político muito grande em relação ao tema. Os parlamentares não querem ficar mal vistos diante da opinião pública e sabem que a questão do DACA envolve muitas vidas. Espero que o bom senso vença no Congresso e que Trump aceite que não pode destruir milhares de vidas”, pondera Castro.

Com informações: washingtonexaminer

Sem comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *